Coronavírus: Campinas registra 1 leito disponível na rede estadual e SUS Municipal lotado pelo 17º dia

Entre os 373 leitos para coronavírus, incluindo redes pública e privada, cidade tem 39 livres.

Campinas (SP) mantém nesta segunda-feira (29) somente um leito de UTI exclusivo para paciente com coronavírus disponível na rede estadual.

Além disso, o balanço divulgado pela prefeitura nesta tarde mostra que as vagas de alta complexidade disponíveis no SUS Municipal estão lotadas pelo 17º dia seguido, enquanto a rede particular tem 38 vagas livres.

A taxa geral de ocupação é de 89,52%. O levantamento mostra "oscilação" na quantidade de leitos disponíveis no SUS Municipal - passou de 143, no domingo, para 139 nesta segunda-feira, diz o boletim.

Segundo a prefeitura, isso ocorre porque os hospitais particulares com quem ela mantém contrato podem, se necessário, destinar as estruturas para atendimento de casos graves quando estes leitos de pacientes com Covid-19 são liberados. A rede estadual, formada pelas estruturas do Hospital de Clínicas da Unicamp (HC) e Ambulatório de Especialidades Médicas (AME) tem 75 das 76 vagas disponíveis ocupadas - taxa equivalente a 99%.

A assessoria do HC afirma que haverá ampliação de leitos "em breve", mas a data para isso é incerta. Já na rede particular, destaca o governo, são 120 pacientes em 158 leitos de UTI instalados - 76% de lotação, o que significa aumento de um ponto percentual no comparativo com domingo. Considerando-se o balanço total - redes pública e particular - das 373 vagas, 39 estão livres, o que equivale a uma taxa de ocupação de 89,54%.

Infográfico mostra quais são os erros e acertos ao usar a máscara G1 Initial plugin text Veja mais notícias da região no G1 Campinas
Categoria:SP - Campinas e região