Coronavírus: parceria entre Campinas e Unicamp traduz material informativo para imigrantes e refugiados

Orientações foram traduzidas para o espanhol, criolo haitiano, árabe, inglês e francês.

O prédio da Prefeitura de Campinas Carlos Bassan/Prefeitura de Campinas A prefeitura de Campinas (SP), em parceria com a Unicamp, traduziu materiais informativos sobre o novo coronavírus para imigrantes e refugiados que estão no município.

Os materiais foram produzidos em cinco idiomas: espanhol, criolo haitiano, árabe, inglês e francês . Os conteúdos já começaram a ser distribuídos por redes sociais e grupos de mensagens onde estão integrantes deste público-alvo atendido pela administração.

Além disso, a partir desta quinta-feira, a versão impressa será disponibilizada das 8h às 12h na portaria do Serviço de Referência ao Imigrante, Refugiado e Apátrida.

Ele fica na Avenida Francisco Glicério, 1.269, 4º andar, Centro.

MAPA: casos de coronavírus pelo Brasil Coronavírus: veja perguntas e respostas Objetivos A proposta é divulgar as informações sobre cuidados e prevenção para grupos que têm dificuldades para compreender a língua portuguesa.

A cidade registra 10 casos confirmados da Covid-19. Segundo a administração, os dois primeiros informativos traduzidos são os folhetos 'Como posso me prevenir contra o novo coronavírus?' e 'Campinas em quarentena'. A prefeitura destacou, em nota, que "a ideia é traduzir materiais apresentados pelo Comitê Municipal de Enfrentamento da Pandemia de Infecção Humana pelo Novo Coronavírus (Covid-19), pelo Departamento de Vigilância em Saúde e pelo Gabinete do prefeito".

Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença Foto: Infografia/G1 Initial plugin text Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Categoria:SP - Campinas e região